Projeto “Salvando Vidas” trabalhou em maio com o tema “Prevenção de lesões por raios”.

7 de junho de 2016


imagem3

Em maio, o Projeto “Salvando Vidas” (CoBraLT/SBAIT) trabalhou o tema “Prevenção de lesões por raios”. No total, sete Ligas Acadêmicas de Trauma e Emergência realizaram ações em diversas regiões do país:

  • Teresina (PI): Liga Acadêmica de Trauma e Emergência do Piauí (LATE-PI)
  • Campo Grande (MS):Liga Acadêmica do Trauma e Emergência Médica da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (LATEM-UFMS)
  • Porto Alegre (RS): Liga de Trauma e Emergência da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (LTE-UFRGS)
  • Campinas (SP): Liga do Trauma da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (LT – UNICAMP)
  • Goiânia (GO): Liga Acadêmica de Cirurgia do Trauma da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (LACIT-PUCGO)
  • Canoas (RS): Liga do Trauma da Universidade Luterana do Brasil (LT-ULBRA)
  • Belo Horizonte (MG): Liga do Trauma e Emergência da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade José do Rosário Vellano – UNIFENAS (LITE-UNIFENAS).

Foram capacitadas por meio das ações sociais presenciais aproximadamente 1300 pessoas. Nas redes sociais, o projeto “Salvando Vidas – CoBraLT/SBAIT” alcançou 4217 pessoas.

Neste mês de Junho de 2016, o projeto “Salvando Vidas – CoBraLT/SBAIT” trabalhará com o tema “MEDIDAS PARA PREVENÇÃO DE INTOXICAÇÕES”.

Mais informações: http://cobralt.com.br/extensaos/salvando-vidas-sbaitcobralt/

Fonte: SBAIT News